Whey protein e caseína na atividade física

3 de fevereiro de 2013
Por

Atualmente as proteínas do soro do leite (whey protein) são a fonte de proteínas mais comumente usadas nos suplementos para atletas. O whey está disponível nas formas concentrada, isolada e hidrolisada. A principal diferença entre essas formas é o método de produção, que resulta em uma pequena variação na quantidade de lactose e no perfil de aminoácidos.

Estudos indicam que o aumento da quantidade de aminoácidos no sangue, que ocorre após a ingestão de proteínas do soro do leite, estimula a produção de proteínas pelo organismo em uma proporção maior do que o consumo a proteína caseína (que é a proteína do leite que forma a massa dos queijos e iogurtes). Além disso, estudos preliminares sugerem que as proteínas do soro do leite também auxiliem o nosso sistema imunológico.

Existem também suplementos a base de caseína. A vantagem da caseína é que ela é um substrato mais barato, apesar de que diversos suplementos à base de caseína são tão caros quanto os feitos à base de whey. A principal desvantagem é a maior dificuldade de diluição, pois forma mais grumos.

Em comparação com a whey protein, a caseína é digerida em uma velocidade menor. Isso significa que a whey promove um aumento mais rápido na quantidade de aminoácidos no sangue após seu consumo, tendo um efeito anabólico mais intenso, ou seja, é um estímulo mais forte à síntese de proteínas.

Por outro lado, a menor digestibilidade da caseína faz com que a absorção de aminoácidos para a corrente sanguínea seja mais lenta e duradoura, tenho um efeito anticatabólico maior, ou seja, diminui mais a quebra natural de proteínas musculares. Na prática, tanto o efeito anabólico quanto o efeito anticatabólico são benéficos na recuperação muscular após o exercício e aceleram a adaptação muscular ao estímulo do treino.

Share on FacebookShare on Twitter
Eduardo Bellotto

Sobre Eduardo Bellotto

Sou Médico Nefrologista formado na Universidade Federal de São Paulo e tenho muito interesse em estudar, entender e compartilhar conhecimento sobre os principais problemas que afetam as pessoas nos dias atuais, particularmente aqueles relacionados ao estilo de vida contemporâneo, como a obesidade, o diabetes e a hipertensão.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com *

*