Glúten engorda?

11 de julho de 2012
Por

Pães, massas, bolachas e farinha de trigoUltimamente temos visto que muitos profissionais da saúde, especialmente os nutricionistas, têm divulgado que a retirada do glúten da alimentação promove uma redução rápida de peso.  Como consequência dessa informação, o número de produtos sem glúten tem crescido assustadoramente nas gôndolas de todos os supermercados e lojas de produtos naturais, e cada dia que passa mais e mais pessoas tem aderido a esse tipo de “dieta”. Um recente estudo realizado nos Estados Unidos mostrou que o principal motivo para as pessoas comprarem esses produtos é por considerá-los mais saudáveis quando comparados aos seus similares com glúten. Mas será que isso é verdade?

Por incrível que pareça, até o momento não existe nenhuma evidência científica que comprove que a eliminação do glúten da dieta promova redução de peso!

Então porque algumas pessoas que eu conheço que estão seguindo essa recomendação estão perdendo peso? Isso é simples, uma vez que a eliminação do glúten resulta em uma consequente redução da ingestão de carboidratos e fibras! Pois o glúten está presente em todos os alimentos que levam trigo, centeio, cevada ou aveia  (exemplo: macarrão, pães, bolos e bolachas…). Assim, ocorre uma redução do consumo de calorias e a consequência é a redução de peso!

Devido a essa nova dieta da moda, recentemente o Conselho Regional de Nutrição emitiu um parecer sobre o assunto que diz que a restrição do consumo de glúten deve ser destinada somente aos pacientes com diagnóstico clínico de doença celíaca, dermatite herpetiforme, de alergia ao glúten ou sensibilidade ao glúten (intolerância ao glúten não-celíaca). O descumprimento dessa diretriz oferece indícios de infringência ao Código de Ética dos nutricionistas!

Portanto, fiquem atentos às dietas da moda! E lembrem-se, não existe milagre para perder peso!

Referências: Marcason W. Is there evidence to support the claim that a gluten-free diet should be used for weight loss?. J Am Diet Assoc. 2011 Nov;111(11):1786.

Parecer CRN3 – Restrição ao consumo de glúten

Share on FacebookShare on Twitter
Mariana Rocha

Sobre Mariana Rocha

Sou Nutricionista formada na Pontifícia Universidade Católica do Paraná e com especialização e mestrado pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente atuo como nutricionista clínica de pacientes renais crônicos adultos e pediátricos. Tenho interesse nos assuntos relacionados a doenças crônicas não transmissíveis, reeducação e influência alimentar.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com *

*