O que são as calorias e como nosso corpo as utiliza

2 de junho de 2012
Por

Caloria é uma unidade usada para quantificar energia. Tecnicamente, uma caloria (cal) é a quantidade de energia necessária para elevar a temperatura de um grama de água em um grau centígrado.

Na Nutrição, as calorias são usadas para quantificar a energia dos alimentos, mais especificamente os chamados macronutrientes, que são os carboidratos (como açúcar, pão, macarrão, arroz e batata), as gorduras (como óleo, manteiga, margarina, gema de ovo, gordura da carne e gorduda do leite) e as proteínas (como carne, leite, queijo e clara de ovo). O nosso corpo usa uma pequena parte dos macronutrientes para a construção de estruturas do próprio organismo. O restante é utilizado como fonte de energia, por meio da conversão em glicose.

Mas, quando falamos em “calorias” dos alimentos, estamos nos referindo, na verdade, a quilocalorias (kcal ou Cal), que equivalem a 1000 calorias (cal). Como a unidade cal (com c minúsculo) e Cal (com c maiúsculo) confunde um pouco, é comum as pessoas falarem que um pão francês tem cerca de 150 calorias quando, na verdade, ele tem 150 quilocalorias. De qualquer forma, entendemos que, quando alguém fala em “calorias” dos alimentos, está querendo dizer quilocalorias.

Cada grama de carboidrato tem 4 kcal. Cada grama de proteína também tem 4 kcal. Entretanto, cada grama de gordura tem 9 kcal. Este é um dos motivos que faz com que a ingestão de gorduras seja restrita em grande parte das dietas para emagrecer. Só por curiosidade, o álcool não pertence a nenhuma dessas três classes e tem 7 kcal por grama.

O nosso corpo está a todo o momento consumindo energia, que é obtida a partir da glicose do sangue. A taxa de consumo de energia varia de acordo com o tamanho do indivíduo, a idade, o nível de atividade física e as necessidades particulares de energia de determinadas fases da vida, como é o caso das crianças (fase de crescimento), das gestantes e das mulheres que estão amamentando.

A quantidade de energia usada pelo nosso corpo para manter o funcionamento do organismo (sem contar a energia gasta com as atividades diárias) é chamada de taxa de metabolismo basal (TMB). Esta é a quantidade de energia que o nosso organismo usa para manter a temperatura corporal, os batimentos do coração, a produção e transformação de substâncias pelo fígado, etc.

A taxa metabólica basal também varia de uma pessoa para outra. De uma forma geral, a média do gasto energético basal para adultos jovens é de 22 kcal por quilograma de peso para as mulheres e 24 kcal por kg para os homens (estes valores diminuem cerca de 2 kcal por kg a cada década). Desta forma, uma mulher jovem adulta de 60 kg utiliza em média 1.320 kcal para manter seu metabolismo basal diário.

Em média, cerca de 60% do gasto energético total é utilizado para a taxa de metabolismo basal; cerca de 30% é gasto nas atividades diárias, como andar, subir escadas, correr, dirigir, escrever e falar (esse percentual pode variar de acordo com a intensidade das atividades) e cerca de 10% é utilizado para a digestão e absorção dos alimentos que são ingeridos ao longo do dia.

Porém, pessoas com mesmo peso, sexo e idade podem ter gastos energéticos diários totais muito diferentes por terem diferentes níveis de atividade física. Além disso, a própria TMB pode ser diferente em decorrência da tendência de preservar e acumular energia (possivelmente uma tendência genética), explicada em parte pela produção de calor (termogênese) pelo organismo.

No post sobre taxa de metabolismo basal eu vou falar um pouco sobre o equilíbrio (e desequilíbrio) entre nossa ingestão calórica e nosso gasto energético.

Referência: Avesani, CM, Santos, NSJ e Cuppari, L. Necessidades e recomendações de energia. In: Cuppari, L. Guia de Nutrição: Nutrição clínica no adulto. Barueri, SP: Manole, 2005. p. 33-50.

Share on FacebookShare on Twitter
Eduardo Bellotto

Sobre Eduardo Bellotto

Sou Médico Nefrologista formado na Universidade Federal de São Paulo e tenho muito interesse em estudar, entender e compartilhar conhecimento sobre os principais problemas que afetam as pessoas nos dias atuais, particularmente aqueles relacionados ao estilo de vida contemporâneo, como a obesidade, o diabetes e a hipertensão.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com *

*